2.1.05

Corações e Mentes - Ausentes



Como todos, senti o soco no estômago ao ver as imagens e imaginar as proporções do que aconteceu na Ásia.
Um desastre natural destas proporções deixa a gente cheio de dúvidas. As minhas são sobre nós, os espectadores da catástrofe.
Claro, somos solidários. Quem tem fé reza, quem é da ação doa, na Paulista fizeram um minuto de silêncio. Afinal, foram provavelmente 300 mil mortos, e a situação dos sobreviventes é desesperadora.
Mas em Ruanda foram mais de 800 mil mortos. Assassinados brutalmente, com facões. Estupro, massacre. Porque eu não senti este nó no estômago? Você, que lê estas linhas, consegue comparar o que sentiu então com o que ocorre agora? Fazem apenas 10 anos... Tá, você é novinho e nem sabia ler em 1.994. E Darfur, há apenas alguns meses? Dezenas de milhares de pessoas - crianças, velhos, famílias inteiras - massacrados por sua etnia e religião? E não era a mãe natureza, não , eram homens armados. Era previsivel, durou meses, era evitável.
Minha conclusão é simples: nós sentimos o que vemos. Deixe-me ser mais claro:
nós sentimos o que vemos. E o que nos é dado ver é selecionado, escolhido a dedo, filtrado. Algum leitor não viu o drama das Torres de N. Y.? E quantos souberam dos genocídios na África?
O ano está começando, e não quero fazer o papel ranzinza de sempre. Não vou ficar aqui reclamando do sistema, do controle do governo e da comunicação de massa. Vou falar para você, que me lê, sobre este 2005 que está começando.
Olhe à sua volta. Bem pertinho, ali na esquina, onde aqueles moleques estão vendendo chicletes, onde o travesti é hostilizado pelos pais de família, onde o maconheiro apanha e é roubado pelo policial truculento. Veja estas pessoas.
Quem sabe, em 2.005, elas passem a existir para mim, para você
e para o mundo.

6 comentários:

Livia disse...

Eu amo o Livro da Tribo...tenho ganho de Natal do meu namorado e simplesmente adoro!!
Conheci o Livro em 98, quando uma vizinha comprou e eu li um texto de Julian Beck e simplesmente amei.
Sobre a onda Tsunami...realmente, um desastre...e na Argentina também...a boate que pegou fogo...
No meu blog falo um pouco sobre isso...entrem!!
www.pensamentosvagos.blogger.com.br
Beijos

Anônimo disse...

Viviane.


Realmente tudo o que aconteceu foi e é terrível.Fiquei extremamente sensibilizada.Com certeza foi um recado que a natureza mandou p/ que não descuidem dela.

Anônimo disse...

a sensibilidade está em nossos olhos? parece, ás vezes.

Anônimo disse...

"A verdade verdadeira é que não somos iguais. Uma bomba em NY, em Londres ou em Paris desperta a dor do mundo. Mas quando morre 1 milhão de africanos numa guerra o assunto é pé de página dos jornais e os negócios das indústrias de armas continuam de vento em popa" [Fritz Utzeri] [pág.106 do Livro da Tribo 2003/2004]

Ilustra perfeitamente o q vc disse, na minha opinião. Infelizmente.
www.fotolog.net/marianinha_eu

Tamiris Bockmann disse...

Oi eu tenho 17 anos e só vim conhecer a tribo esse ano, quando ganhei a genda de presente(a pessoa que me deu disse que era a minha cara!Não é que ela acertou eu amei!!!). Entrando no blog e lendo esse post,vi que eu não sou a unica que acredita estar em uma realidade maquiada!Onde tudo é produto industrializado!Onde o que se ve não conta, e sim o que querem que vejamos...Essa é a paz que eu não quero seguir adimitindo... Um bju tamiris
www.lokass4ever.myblog.com.br
se é que vcs leem os cometários passem no meu blog e comentem...

Tamiris disse...

Eu fiquei muito feliz de saber que vcs,leem os comenários e até respondem...Melhor do que fazer uma obra, é ver o que ela causa na sociedade... Adoro vcs e vou fazer um link no meu blog
bjus