30.1.05

Tudo É Música (Que É Tudo)

Fui ao Pantanal e na volta encontro esse delicioso debate sobre sedução, detonado pela música “Por que que eu não pensei nisso antes”, do Itamar Assumpção. Pedro elogia a sedução; Jane desconfia dela; Pati fala do masculino e do feminino.
Pois estava tudo lá, na música que inspirou Pedro ao primeiro post. Como ele ressaltou, sedução é convencer sem brutalidade, usando criatividade e sensualidade. Conquistar o coração do outro:

Pensei em seduzir você, com algo bem provocante
gingando num bambolê, me equilibrando em barbante (...)

bater no peito e dizer, num brado bem retumbante:
“Só penso em você!” – Por que que eu não pensei nisso antes?

Mas tem a sedução da matéria. Tem aquilo que a Jane critica:

Pensei em seduzir você fazendo ar de importante
Te oferecendo um apê, um drink, um refrigerante (...)

dançando numa tevê, coberto por diamantes
num carrão zero – porque que eu não pensei nisso antes...
E, por fim, a coisa do masculino buscando o feminino, da Pati:

Pensei em seduzir você domesticando elefantes
cuidando bem de bebês, doando-me pra transplantes

Além de fazer crochê, pensei dar vôo rasante
ir ao cinema, escrever, reinar neste caos reinante
por cargas d’água, porque que eu não pensei nisso antes?

É por isso que a música é maior. Porque não fraciona, reúne. O desejo de sedução da música mistura tudo, como acontece em nós, nesta bagunça da nossa emoção. Com muito humor, ainda por cima:

Pensei em seduzir você mostrando-me confiante
plantando um pé de ipê, ecólogo ambulante
limpando o rio Tietê, e os outros rios restantes
ser carioca – e baiano! – porque que eu não pensei nisso antes?

Pronto. Um tratado sobre o pior e melhor da sedução. Poético e, ainda por cima, dançável.
(disco “Pretobrás”, de Itamar Assumpção)

3 comentários:

Isadora disse...

Muito boa a música, acho que eu também faria críticas como a da jane e a da pati (á música e á sedução em si), mas na boa, alguém seduzindo assim seria irresistível, acho que por ser tão eclético acaba demostrando uma forte personalidade, isso é encantador!

Cora disse...

Oi, pessoal da tribo, tô muito feliz pq essa semana, depois de 1 mês de insistencia, ganhei o meu livro da tribo. E adorei saber q vcs tinham um blog. Uai so, que mais q eu falo? Vou deixar uma frase da minha chara pro cs.
"Eu sou aquela mulher que fez a escalada da montanha da vida, removendo pedras e plantando flores."
Cora Coralina
Beijos, até
Carpe Diem

Celso disse...

Sabe, nunca gostei muito do jogo de sedução. Porque tem gente que joga, como se alguém tivesse de vencer. Estratégia militar mesmo. Acho bom quando a coisa é espontânea. Eu me deixo seduzir por qualquer coisa, vindo de uma mulher. Amo as mulheres. Por isso prefiro a versão da Zélia Duncan no CD Sortimento.